Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Chic'Ana

“Não posso mudar a direção do vento, mas posso ajustar as minhas velas para chegar sempre ao meu destino” by Jimmy Dean

Chic'Ana

“Não posso mudar a direção do vento, mas posso ajustar as minhas velas para chegar sempre ao meu destino” by Jimmy Dean

Um dia Especial

Ontem foi um dia muito especial. O dia de aniversário da pessoa que de mão dada com o meu pai, me ensinou a sorrir, me ensinou a cair mas a levantar-me sempre de cabeça erguida, me ensinou a falar e a fazer os primeiros disparates, mas acima de tudo, que me ensinou a ser feliz, e esse é o melhor ensinamento que uma mãe pode transmitir ao seu filho.

 

Mãe, podia dizer-te que és a melhor mãe que existe à face da terra, mas não o vou fazer, vou antes dizer-te que és a melhor mãe presente no MEU mundo, e a mãe que eu quero e que desejo. Se eu pudesse voltar atrás e escolher, serias a minha opção infinitamente.

 

Já aqui to disse uma vez, mas volto a repetir, consegues perceber-me como ninguém, consegues ouvir o meu silêncio ensurdecedor, tens sempre uma palavra de apoio e carinho, tens sempre a palavra certa no momento certo. És o meu porto de abrigo quando tudo ameaça ruir, e por mais longe que eu possa estar, sei que contigo posso sempre contar. Os filhos crescem, os filhos evoluem e saem do ninho, mas jamais dispensam o colo da mãe, portanto, nada de inventares artrites, reumatismo, dores ciáticas, falta de força porque ainda tens muitos anos para levar comigo em cima, literalmente!

Todo este palavreado para dizer que gosto muito de ti e que tens um lugar bem marcado no meu coração!

 

Fica uma foto de um dos momentos que marcou o dia: A minha irmã a tentar finalizar o bolo e o passarinho que também queria entrar na festa. Parece que ontem percebeu que era um dia especial. Passou a noite a voar de cabeça em cabeça, e, sempre que o colocávamos na caixinha e lhe dizíamos para dormir, piava e refilava. Só acalmou quando a azáfama também sossegou.

 

DSC01764.JPG

8 comentários

  • Imagem de perfil

    Chic'Ana 25.08.2016 09:17

    Estava tão entretido que nem se lembrou de tal coisa - pelo menos ninguém reparou em nada suspeito. Mas a fralda já foi considerada, sim!
    Muito obrigada!
  • Imagem de perfil

    green.eyes 25.08.2016 09:18

    Não leves a mal a brincadeira do passarinho, mas não me imagino com um passarito a solta lá por casa !!!
  • Imagem de perfil

    Chic'Ana 25.08.2016 09:21

    Não levo nada a mal, acredita que também eu nunca imaginei ter um pássaro à solta em casa. mas a verdade, é que ele se tem portado ás mil maravilhas: só faz as necessidades na caixinha, e na minha irmã! Come na caixinha e como ainda não tem penas, não caem... É um sossego, de vez em quando és surpreendida por algo a voar na tua direção, mas nada demais.
  • Imagem de perfil

    green.eyes 25.08.2016 09:23

    Não deixa de ser uma "experiencia" engraçada ...
  • Imagem de perfil

    Chic'Ana 25.08.2016 09:30

    Sem dúvida, e tem sido bastante enriquecedora. Quem imaginaria que conseguíamos tomar conta de um passarinho?
  • Imagem de perfil

    green.eyes 25.08.2016 09:32

    É o instinto materno
  • Imagem de perfil

    Chic'Ana 25.08.2016 09:42

    quem sabe?!
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.