Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Chic'Ana

“Não posso mudar a direção do vento, mas posso ajustar as minhas velas para chegar sempre ao meu destino” by Jimmy Dean

Chic'Ana

“Não posso mudar a direção do vento, mas posso ajustar as minhas velas para chegar sempre ao meu destino” by Jimmy Dean

Quando a inimiga és tu..

Toda a gente sabe que as pessoas grávidas ficam mais gordinhas, é mais que natural, afinal temos um ser vivo a crescer dentro de nós. Ouvimos de tudo um pouco: Ou estou muito gordinha para as semanas que tenho, ou então estou muito magrinha e não me estou a alimentar devidamente. Tenho uma barriga enorme para algumas, tenho uma barriga minúscula para outras… Um dia estou mais inchada, outro dia estou menos inchada…

 

Sim, posso dizer que eu já estava preparada mentalmente para este jogo psicológico. Agora, não estava definitivamente preparada para que eu fosse a minha maior inimiga.

 

No outro dia, ao servir-me de umas simples fatias de queijo do frigorífico, entalei a barriga na porta do mesmo. Então não é que quis fechar a porta com a barriga ainda o interior?! Por vezes não tenho a noção da dimensão que já ocupo, o que dá azo às maiores gargalhadas, após umas quantas pragas rogadas.

 

É que se fossem os outros, eu ainda os podia colocar de castigo, e barafustar, mas sou eu.. Será que faz sentido fazer o mesmo comigo? Refilar comigo?!

 

mentirinhas_2581.jpg

 

7 comentários

  • Imagem de perfil

    Chic'Ana 06.06.2017 09:24

    Ahahaha, acredito.. acontece-me frequentemente na garagem do prédio.. penso que ainda consigo sair do carro ás mil maravilhas, noção completamente errada!!

    É verdade, toda a gente tem uma opinião a dar, a verdade é que se está tudo bem, nada é mais importante que isso. Se a barriga está maior ou mais pequena, não existe uma regra =)
  • Imagem de perfil

    Heidiland 06.06.2017 09:50

    Para evitar bater directamente com a barriga agora coloco a minha mão entre a barriga e o "obstáculo", assim se rapar é com a mão e não barriga.

    Exacto! Eu costumo dizer que se somos todos diferentes, porque na barriga seriamos iguais!? Cada um tem a sua e evolui conforme é suposto e não como as outras pessoas imaginam que deveria ser.
  • Imagem de perfil

    Chic'Ana 06.06.2017 09:59

    Eu faço isso essencialmente nos transportes públicos, as pessoas não têm o mínimo cuidado e respeito...

    Ora nem mais, há pessoas que chegam ao 9º mês e parece que nem têm barriga!
  • Imagem de perfil

    Heidiland 06.06.2017 10:03

    Em Lisboa notei que as pessoas continuam pouco civilizadas com as grávidas. De um momento, a grávida fica invisível aos olhos dos outros. A minha estratégia era sempre sentar-me ou colocar-me em sítios pouco avessos a encontrões ou então colocar o meu braço semi-esticado para caso houve uma travagem a pessoa bater no meu braço e não em mim.
  • Imagem de perfil

    Chic'Ana 06.06.2017 10:18

    Sim, é uma falta de civismo tremenda, então em horas de ponta é o salve-se quem puder! Quantas vezes não deixo o metro passar para ir no seguinte com mais espaço..
  • Imagem de perfil

    Heidiland 06.06.2017 10:35

    Eu procurei evitar as horas de ponta dos transportes, porque já sabia que era um problema para encontrar lugar ou simplesmente espaço para uma pessoa se agarrar ou encostar.
    Infelizmente os transportes continuam iguais :S era de esperar que tivesse aumentam o número de autocarros e metro nas horas de ponta para facilitar a vida às pessoas.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.