Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Chic'Ana

“Não posso mudar a direção do vento, mas posso ajustar as minhas velas para chegar sempre ao meu destino” by Jimmy Dean

Chic'Ana

“Não posso mudar a direção do vento, mas posso ajustar as minhas velas para chegar sempre ao meu destino” by Jimmy Dean

One smile a Day.. com as Ladys (I)

E para terminarmos esta semana em beleza, nada melhor do que casa cheia. Casa cheia, pois temos aqui presentes não uma, mas nove bloggers. Estou a referir-me às nossas Ladys, as autoras do blog Porque Sim!

As Ladys têm idades compreendidas entre os 25 e os 50 anos, e o que têm em comum? O facto de trabalharem todas na mesma empresa, dividindo-se entre a contabilidade e a informática. São todas elas muito diferentes e com variadíssimas experiências, algo que podemos encontrar no blog, sempre fresco e descontraído. Uma excelente paragem que vos convido a visitar.

 

Como tal, decidi presentear-vos com a história da criação do blog e com outro momento muito caricato! 

Num dos nossos jantares decidimos ir a um restaurante que tínhamos ouvido falar perto do Rato, como íamos chegar cedo (antes das 19h) achamos que não valia a pena marcar mesa. Quando o restaurante abriu entramos e pedimos uma mesa, com o restaurante completamente vazio o sr responde "estamos cheios" olhamos umas para as outras perplexas e a Marina olha para o sr a rir "ah está a brincar! Ahaha" mas o sr explicou nos que estavam todas as mesas reservadas para as 20h, hora a que o restaurante abre…

Decidimos rumar a margem sul do Tejo e ir ao "nana", onde tivemos um jantar 5*, no regresso a casa, algumas de nós no carro, sem saber bem como, começamos a falar de blogues e já meio no disparate, nem sabemos quem… mas alguém disse "havíamos de criar um blogue das ladys para pormos as nossas aventuras"…e a ideia pegou e cá estamos nós J"

Sara

 

Num dos nossos jantares mensais, ao entrarmos no restaurante, dizemos o nome em que a mesa está reservada e perguntamos ao sr. se está tudo bem… ao que responde que nem por isso, pois estava com uma gastroenterite..

Pensando que estava a brincar uma de nós respondeu “espero que não nos pegue”.

Passado um tempo verificando que o Sr. estava só com a mão na barriga, questionamos se “estava a falar a sério?”, não queríamos acreditar que a pessoa que nos estava a atender e que tínhamos acabado de conhecer, partilhasse algo semelhante connosco.

Ao que o Sr. nos informa “estou mesmo aflito, à hora do almoço estava a atender um cliente e …. Enfim….Tive de ir a casa trocar de roupa”

Ficámos sem palavras e quando o Sr. voltou as costas não conseguíamos para de rir… mas cada vez que algo vinha para a mesa só pensávamos…. Será que podemos comer? Quem trouxe o petisco?

De notar que o Sr. foi muito simpático, fomos muito bem atendidas e tivemos um alto desconto.

Ladys

E estas aventuras não ficam por aqui, para a semana teremos mais uma dose dupla de boa disposição! 

Só tenho uma questão: Ficaram todas bem após este maravilhoso atendimento? 

 

restaurante.jpg

111 comentários

Comentar post

Pág. 4/4