Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Chic'Ana

“Não posso mudar a direção do vento, mas posso ajustar as minhas velas para chegar sempre ao meu destino” by Jimmy Dean

Chic'Ana

“Não posso mudar a direção do vento, mas posso ajustar as minhas velas para chegar sempre ao meu destino” by Jimmy Dean

One smile a Day.. com a Psicogata

Depois do tema de ontem, um pouco mais sensível, nada melhor que terminar a semana com um belo sorriso.

 

A minha convidada desta semana é uma das línguas mais afiadas da blogoesfera: a Psicogata, autora do blog Língua Afiada. Está sempre muito bem acompanhada tanto na vida real, como aqui pelo Sapo, o que não é de admirar, dado o acolhimento e simpatia sempre presentes. Caracteriza-se como uma pessoa que adora felinos e psicologia e daí surgiu o upgrade de Língua Afiada para Psicogata (ou psicopata, como amorosamente é conhecida, mas todos o somos um pouco, certo?). O seu blog explora o dia a dia, os temas que mais a marcam e peripécias que acontecem, por vezes bastante engraçadas. Não deixem de a visitar.

 

E sem mais demoras... 

Tinha saído do trabalho e era já de noite, atravessava a rua Santa Catarina que é das ruas mais movimentadas do Porto, ia distraída com os meus pensamentos e ao virar para uma rua transversal ouço:

Pipipi, pipipi, parou, parou!

Eu instintivamente parei sem perceber o que se estava a passar.

Quando olho para ver quem me tinha mandado parar, estavam 3 trabalhadores da Câmara encostados na esquina perdidos de riso e um deles diz.

- Tem de parar menina, não pode passar.

- Eu fiquei primeiro com cara de parva por ter caído na brincadeira e depois acabei por dar uma valente gargalhada.

Ele fez um gesto de cedência de passagem e os 3 desejaram-me uma boa noite.

Entretanto algumas pessoas tinham-se apercebido da situação e estavam mesmo paradas a rirem-se com a situação.

Eu desejei boa noite e segui a rir-me como uma tolinha.

Sou tão distraída que só me apercebi que era um piropo depois de parar e olhar para a cara dos senhores, pensei genuinamente que me estavam a mandar parar por algum motivo importante.

Só depois associei ao programa de televisão Maré Alta, eles ficaram a rir-se muito porque efetivamente tinham conseguido parar-me e eu pensei que tinha realmente de andar com mais atenção na rua, se a intenção fosse assaltar-me eu tinha parado para lhes facilitar a vida.

Se fosse um assalto tinhas sido parada da forma mais original que eu já vi... "Pipipi, parou que aqui o ladrão já a assaltou!".

Deixa lá, não és a única distraída e sempre proporcionaste umas boas gargalhadas aos que te rodeavam e observavam a cena!

 

40.png

 

Para a semana haverá mais um convidado, têm sugestões de quem possa ser, ou sugestões para futuros convites?

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.