Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Chic'Ana

“Não posso mudar a direção do vento, mas posso ajustar as minhas velas para chegar sempre ao meu destino” by Jimmy Dean

Chic'Ana

“Não posso mudar a direção do vento, mas posso ajustar as minhas velas para chegar sempre ao meu destino” by Jimmy Dean

One smile a Day.. com a Mula

Conseguem imaginar melhor forma de terminar esta semana do que uma ida a um curral? E não me refiro a um curral qualquer, mas sim ao mais famoso curral do sapo.

 

A minha convidada desta semana, já muitos de vocês devem ter adivinhado, é a Mula, autora do blog Desabafos da Mula e do blog Para Jantar & Marmitar.

 

A Mula apresenta-nos um cantinho maravilhoso, recheado de bons momentos, por vezes hilariantes, por vezes sérios, mas acima de tudo tem a habilidade de nos receber da melhor maneira. Tem rubricas constantes, como “as curtas do dia”, o “curral da má língua” e não diz que não a um bom desafio. Caracteriza-se como uma pessoa frontal, teimosa, orgulhosa, com um grande coração e de uma generosidade e paciência que apresentam limites, mas eu díria que são uns limites muito distantes. Do meu lado, apenas posso agradecer a simpatia com que aceitou o meu convite para partilhar a sua história mais hilariante. E sem mais demoras, aqui vai: 

Olá olá Ana,

Aqui está a minha história engraçada... Bem, engraçada para os outros que eu cá só me senti envergonhada...  xD

Eu adoro música e fico tão envolvida que o meu corpo ganha vida própria e fico bastante distraída, é difícil estar a ouvir música sem ter um - ou até mesmo os dois - pé e a cabeça a abanar, a dar, a dar, tipo cauda de cão... E mentalmente estou sempre a cantar, e até os lábios se mexem...eu tenho essa noção.

Certo dia, no verão estava eu no autocarro, quando sentia que as pessoas estavam a olhar para mim, mas não liguei e continuei compenetrada a ouvir a minha música. Saio do autocarro e as pessoas que passavam por mim continuavam a olhar... Até que me cai um phone...

Eu não estava a cantar mentalmente... Eu estava mesmo a cantar... Com som incluído, a parte mais parva é que provavelmente as pessoas deveriam achar que eu era maluquinha, porque eu estava a cantar bastante baixinho, e nem deveriam perceber o que eu estava para ali a praguejar...

Que vergonha!

Hoje em dia olho para trás e dá-me vontade de rir... Mas na altura nem por isso xD ahahahah

Não te sintas envergonhada, no fundo estavas apenas a dar asas á tua generosidade, querendo partilhar a música com aqueles que te rodeavam! Que mal agradecidos foram...

 

armandinho-música.jpg

 

Obrigada por esta partilha tão boa! Ainda não escolhi a próxima vítima, atenção aos e-emails, pois pode ser qualquer um!!

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.