Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Chic'Ana

“Não posso mudar a direção do vento, mas posso ajustar as minhas velas para chegar sempre ao meu destino” by Jimmy Dean

Chic'Ana

“Não posso mudar a direção do vento, mas posso ajustar as minhas velas para chegar sempre ao meu destino” by Jimmy Dean

O que ficou do casamento..

Quando se vai a um casamento, assistimos a uma grande variedade de comportamentos. Comportamentos esses que aprovamos, outros que nos fazem alguma confusão, outros que repudiamos por completo.

 

- Crianças que ao invés de se comportarem como tal: brincarem com as outras, brincarem com os jogos tradicionais e didáticos existentes no recinto, correrem, sujarem-se, porque faz parte, e ninguém leva a mal, não. Os pais trazem os tablets e telemóveis dos pimpolhos (desde bebés a adolescentes)… um powerbank não chega, pois a bateria termina rapidamente e podem não existir tomadas por perto… As crianças olham para os powerbanks como se de um tesouro precioso se tratasse…! Não, ainda não estou habituada a este comportamento e acho que me vai custar muito aceitar esta nova realidade…

- As mochilas ao invés de jogos, brinquedos, bonecas, transportam cabos, baterias, material elétrico;

- Se convidas uma criança para brincar ou dançar, ela revira os olhos e manda-te a ti fazer figurinhas na pista;

 

Compreendo que em casa as crianças brinquem sozinhas e que por vezes é difícil cair em tentação e enveredar por estes novos brinquedos, contudo, quando estão em contacto com as outras, é mesmo isto que deve ser privilegiado e mesmo incentivado. Faz parte do crescimento o contacto humano, as primeiras discussões, as contrariedades, as birras, as quedas…

 

E depois no meio de isto tudo, como se fosse um raio de luz, reparas numa criança completamente diferente de todas as outras: Deliras, quando és atropelado por um carrinho de bonecas, ouves um “Desculpe!” e uma correria continuada como se não houvesse amanhã!

 

mentirinhas_343.jpg

 

Fui convidada pelo Delito de Opinião para escrever um texto à minha escolha, curiosamente vai ao encontro do tema de hoje: As crianças! Neste texto abordo principalmente a hiperatividade e os problemas com que nos deparamos. O meu sincero obrigada pelo convite. Não deixem de espreitar, aqui! Mais uma portinha que se abre para a minha vida =)

 

Hoje estou também com a Mãe dos PP's, a dar-lhe música.. conseguem adivinhar qual a música que me faz ficar no carro? Ora ide lá espreitar! 

 

4 comentários

  • Imagem de perfil

    Chic'Ana 24.05.2017 08:45

    Eu estive a ver isso durante um dia inteiro, dos mais pequenos aos graúdos.. Existiam imensas crianças no casamento, e quem acabaou por ficar com os jogos temáticos foram maioritariamente os adultos!
  • Imagem de perfil

    Heidiland 24.05.2017 08:47

    Parece que as crianças deixaram de ser crianças e comportam-se como pequenos adultos e os teus "brinquedos". Sinceramente, sou apologista de brincar nos jardins e sempre me fez muita confusão os filhos da minha antiga vizinha estarem sempre em casa com a televisão ligada, tablet nas mãos e zero interacção entre eles ou com quem chegava.
  • Imagem de perfil

    Chic'Ana 24.05.2017 08:48

    Sim, espero que os nossos pimpolhos tenham a liberdade de correr, de brincar em parques e jardins. Têm tempo de se transformar em adultos, naturalmente..
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.