Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Chic'Ana

“Não posso mudar a direção do vento, mas posso ajustar as minhas velas para chegar sempre ao meu destino” by Jimmy Dean

Chic'Ana

“Não posso mudar a direção do vento, mas posso ajustar as minhas velas para chegar sempre ao meu destino” by Jimmy Dean

A força da palavra "Não"!

Eu acho que tenho um problema com a palavra “Não”.

É importante saber dizer que não, mas mais importante ainda é fundamentar o não. Explicar as razões que estão associadas ao negar de uma ação.

 

Ontem estava a observar um casal a educar uma criança. A criança mexia-se e queria ir brincar para o parque infantil.

Criança: Mamã, posso ir brincar?

Mãe: Não!

Criança: Porquê? Há meninos a brincar…

Mãe: Não!

Pai: A mãe já disse que não.

 

E que tal explicarem que já estava tarde, ou que existiam coisas mais importantes para fazer naquele momento, ou que pura e simplesmente eram horas de ir lanchar? Acho que havia tantas abordagens possíveis para além de um simples não.

 

Com este comportamento coloquei-me a pensar em várias atitudes, e se realmente há uma coisa que me chateia é dizerem-me que não automaticamente e por vezes sem qualquer justificação associada.

 

Colega: Ana, sabes por acaso como se acede à aplicação?

Chic’ Ana: Sim, basta utilizar o login x.

Colega: Não..

Chic’ Ana: Não?! Então mas é assim que eu faço e estou neste momento ligada.

Colega: Mas não está correcto!

Chic’ Ana: Então qual é a forma correcta?

Colega: Não sei.

 

Colega: Preciso de ir à loja tratar do processo.

Chic’ Ana: Agora existe uma forma mais simples, ainda a semana passada utilizei e faz-se como está aqui.

Colega: Não me parece!

Chic’ Ana: Então porquê?

Colega: Não te sei explicar porquê, mas não me parece!

 

Chic’ Ana: Já viste as promoções que estão no supermercado esta semana? É de aproveitar!

Amigo: Oh, não estão nada! Onde é que viste isso?

Chic’ Ana: No folheto!! 

 

É de uma pessoa dar em doida, contudo também admito que há "Não's" que são auto-explicativos… 

Um não é um não, mas não deve ser aplicado de forma leviana. Depois assistimos a notícias em que "ah, eu disse que não, mas queria dizer que sim..!", isto para mim não é correcto, e pelo comportamento de uma pessoa normalmente são julgadas centenas.

 

5f316a3d160e45ae1b58aeb4a70e75fc.jpg

 

4 comentários

  • Imagem de perfil

    Chic'Ana 07.06.2017 08:49

    Eu também acho que não pode ser no bom sentido, contudo...tenho de conviver com eles, pelo menos com os colegas.
    Sim, negam as coisas só pelo prazer de negar, mas depois não têm qualquer justificação e eu começo a pensar que mais valia estar calada..
  • Imagem de perfil

    miss queer 07.06.2017 09:53

    sim, se as situações são recorrentes com as mesmas pessoas, não mudam a atitude... não vale a pena chateares-te.
  • Imagem de perfil

    Chic'Ana 07.06.2017 09:57

    Sim, é isso mesmo que vou fazer! =)
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.