Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Chic'Ana

“Não posso mudar a direção do vento, mas posso ajustar as minhas velas para chegar sempre ao meu destino” by Jimmy Dean

Chic'Ana

“Não posso mudar a direção do vento, mas posso ajustar as minhas velas para chegar sempre ao meu destino” by Jimmy Dean

A Correspondência

Estava eu a subir a rua, quando vejo o carteiro muito atarefado com um saco azul gigante numa mão e com uma pilha de correspondência na outra mão (Para terem tempo de fazer todas as entregas por vezes parecem autênticos malabaristas e palmilham grandes distancias para poupar o combustível).

 

Chic’ Ana: Quer ajuda?

Carteiro: (quase em desespero) Sabe para onde é este saco azul? Pode ver a morada por favor?

Chic’ Ana: Claro que sim. Olhe, o saco azul é para mim!

 

Começo logo a pensar nas últimas operações bancárias do saco azul.. Não me digam que me calhou algum dinheirinho!! Um saco muito suspeito, sem remetente, sem necessidade de assinar, estranho!

 

Carteiro: Ah que bom, livrou-me do maior peso. Já agora veja se há mais alguma coisa nesta pilha de cartas e leva já para cima.

Chic’ Ana: Tenho aqui duas contas, e esta também é para mim!

Carteiro: Para si?? Então mas chama-se Sr. Dona Chique??

Chic’ Ana: É… É… (a gaguejar), é uma brincadeira…

Carteiro: O que inventam hoje em dia. Olhe que só lhe dou a correspondência porque já a conheço há muitos anos..

 

Chego a casa e abro rapidamente o envelope que diz Sr Dona Chic’ Ana e que bela surpresa no seu interior. A Pink enviou-me uma bela carta com instruções de abertura e tudo, tendo em conta alguns dos meus posts, ora vejam:

 Mafalda.png

 

"Abre-me longe de uma Espreguiçadeira!

"Abre-me longe de um quadro eléctrico!

"Não tenhas medo de mim, eu não sou uma panela de pressão"

"Espero que não tenhas autocolantes nas unhas enquanto me abres!

  

Fiquei com um sorriso parvo no rosto o resto do dia, isto porque realmente existe alguém do outro lado, que gosta de nós, que se preocupa, que se recorda dos posts que mais a marcaram! É mesmo muito gratificante.. OBRIGADA!!!! Obrigada por este belo presente… Pelos sorrisos trocados e pelo livro da Mafalda que tão bem compôs o ramalhete!!

 

Ah, quanto ao saco azul, foi equivalente à caixa de ar que a Débora recebeu na Suíça, um saco gigante para o transporte de uma mala, sem qualquer dinheiro no seu interior! E o carteiro com todos os cuidados a transportar ar....

 

É o último dia do Passatempo, já todos concorreram?

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.