Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Chic'Ana

“Não posso mudar a direção do vento, mas posso ajustar as minhas velas para chegar sempre ao meu destino” by Jimmy Dean

Chic'Ana

“Não posso mudar a direção do vento, mas posso ajustar as minhas velas para chegar sempre ao meu destino” by Jimmy Dean

One smile a day... com a Mami

A minha convidada de hoje é a Mami, autora do blog com o mesmo nome Mami. No seu blog podemos encontrar de tudo um pouco, contando com um avatar que convida sempre ao sorriso e à partilha de um copo de vinho.

Um blog verdadeiro, genuíno, escrito por uma pessoa que transparece convição e criatividade, que aborda o dia a dia no geral, sempre com uma visão cativante e ao mesmo tempo assertiva. Um blog que vale a pena ler e reler! A imagem que tenho dela não podia ser melhor: uma mulher resolvida, segura, líder por natureza, mas onde impera o bom senso, e o seu grande trunfo reside mesmo nesta característica. Convido-vos a passarem pelo seu cantinho.

 

Sinto-me honrada pelo convite desta miúda, embora, não tenha (nem de perto) o mesmo talento para contar peripécias. aliás, já me andava a questionar porque não recebia o convite! ;)

obrigada chic’ana … mando-te isto sem saber se já temos ou não uma nova princesa entre nós!

 

Anos atrás ganhei um fim-de-semana no hilton vilamoura. fiquei mega entusiasmada pois o prémio incluía a viatura que nos levaria ao nosso destino.

sem pensar duas vezes liguei à mana e convidei-a. ela, em pulgas, aceitou.

chegado o dia, lá fomos nós, numa manhã de primavera, rumo ao algarve. a viagem foi super animada: boa música e muitas gargalhadas. começou a verdadeira aventura quando parámos para por combustível: - como se abre a tampa do depósito?

demos voltas e voltas, puxamos daqui e dali, e, passado um bom bocado, assumimos a nossa incapacidade e fomos pedir ajuda ao “senhor das bombas” – que obviamente olhou para nós como se não fossemos deste planeta ou tivéssemos roubado o carro!

chegámos ao al(l)garve e decidimos tomar um café na marina; esta recebeu-nos com uma chuva descomunal, vinda de não sei de onde, e que nos deixou num estado lastimável!

perante tal cenário decidimos ir fazer o chek in no hotel. chegámos, encharcadas e com um aspeto miserável, e estava a decorrer um desfile de moda no lobby do hotel – garanto que por segundos as atenções viraram-se para o nosso (des)encanto!

já no balcão de check in, o funcionário pediu-nos um cartão de crédito para caução. ora, imaginem a cara do senhor quando o informamos que não possuíamos cartão de crédito (recordo que estávamos com aspeto de cães rafeiros e molhados num hotel de 5 estrelas). o senhor verificou a nossa identificação e a reserva, olhou duas ou três vezes para nós, e disse, finalmente, que aceitaria um depósito de 50€. passada esta vergonha, lá fomos nós, a chapinhar, até às nossas acomodações, seguidas pelo olhar curioso de empregados e hóspedes.

depois de umas boas gargalhadas, de um tempinho no spa, da tradicional sessão fotográfica e de um banho quente, fomos jantar à marina.

eu que de chique nada tenho, mas porra que estava na marina de vilamoura, decidi enfiar umas botas lindas de um salto agulha maravilhoso. ao chegar à marina, logo no primeiro lancil de escadas do passadiço, fico presa. a mana que seguiu distraída, ao não me sentir por perto, olha para traz e descreve que me viu como “um cão com pulgas a sacudir a perna”. pedi-lhe auxílio, entre o exasperada e o envergonhada. ela aproxima-se apercebe-se do que aconteceu, agacha-se e começa a tentar tirar o meu pé daquela armadilha, enquanto eu de pé tento disfarçar com ar desinteressado; até que ela afirma: tens de tirar a bota! e eu: como? nesse momento desci, literalmente, do salto e a gargalhada foi pegada. é o que dá, eu tão grossa, a tentar ser fina! :d

mas, para mim, a situação mais caricata desta nossa viagem aconteceu no dia seguinte (ainda hoje guardamos esse momento com muito carinho).

pela manhã, após o pequeno-almoço no hotel - onde a minha irmã questionou se a língua oficial do algarve teria mudado, visto todos que todos nos falavam em inglês -, fomos para a marina tirar fotos e ver “as vistas”.

tinha chovido na noite anterior e o piso estava ainda molhado. numa das pontas da marina, junto à estátua de um marinheiro e seu leme, decidimos tirar (mais) uma foto. para sairmos os “três” seria necessário posicionar a máquina fotografia com temporizador. eu, armada em pro, tratei de tudo: indiquei à mana como se devia colocar, posicionei a máquina, preparei o temporizador, carreguei no botão e saí disparada para me colocar no meu lugar. raios que o piso estava molhado e, eu que tive sempre uma forte ligação ao chão, sendo uma atleta distinguida em quedas, lá escorreguei com grande aparato! mas como o “show must go on”, no chão, completamente deitada aos pés da minha irmã, coloco-me em posição de foto! durante este processo um casal de espanhóis passa pelo local e a senhora diz “mira, se a caído” ao que o companheiro responde: “no, no, es para la foto!”. ao ouvir isto desatamos a rir e o flash dispara. é das fotos mais maravilhosas que tenho com a minha irmã! 

 

Mami, eu não diria que esta fosse uma peripécia, mas sim quatro peripécias numa só. Um texto completamente delicioso que nos transporta para a tua viagem! Uma verdadeira aventura de irmãs e, acredito, que vá ficar na vossa memória e coração para sempre (e agora também na nossa).

Muito obrigada por esta hilariante participação!

 

21765091_1985771594796928_6224863239682971522_n (2).jpg

 

E o blog hoje completa dois anos de vida, o meu muito obrigada a todos, os que por aqui são visita assídua, aos que me subscreveram e aos que vão surgindo e ficando para uma troca de palavras.

São o motor que dá vida a este blog e é tão curioso como vos encaro como amigos. Sem dúvida que são uma parte fundamental do meu dia a dia.

OBRIGADA!

 

6f89cc3fadb8b72e2ecc3585f282bfe4.jpg

 

Ventos de Mudança

A imagem deste blog sempre foi a Mafalda, aquela menina irreverente, com questões prontas na ponta da língua, com as suas invenções. É uma personagem de quem eu gosto muito, por todos os seus comentários, sociais e políticos, e preocupações nada típicas de uma criança de 6 anos. A Mafalda representa o constante inconformismo, sempre com fé que consiga alterar algo, fazer a diferença por um mundo em mudança.

Para mim fazia todo o sentido que o meu avatar a representasse, porque, tal como ela, acredito que podemos fazer a diferença, acredito que as nossas atitudes, por mais pequenas que sejam, podem mudar o rumo dos acontecimentos. Existiu um facto muito curioso que nos uniu, apesar de só me ter apercebido disso mais tarde: o blog nasceu a 29 de Setembro, e a Mafalda fez a sua primeira aparição também a 29 de Setembro de 1964.

 

Mas, é chegada a hora de me despedir desta simpática personagem que me acompanhou ao longo de um ano e assumir algo mais próximo da realidade.

 

A minha irmã é das pessoas que mais me surpreende, e, tendo eu dito que pretendia atualizar a imagem, ela colocou mãos à obra e nasceu uma nova personagem. Uma personagem desenhada a carvão num simples pedaço de papel, uma imagem única e original, uma imagem que capta o meu cabelo rebelde, os olhos azuis e as sardas que teimam em aparecer quando o sol fica mais forte. Associada a esta personagem ela captou algumas das minhas expressões – desorientada (uma situação frequente) e zangada. No entanto, esta é a minha primeira escolha. Apresentar-vos-ei as outras com o passar do tempo e sempre que se apliquem ao contexto.

 

Espero que gostem, eu… Adoro, obrigada K!! És das pessoas mais talentosas e especiais que eu conheço, e o talento espelha-se em tudo o que fazes.

 

Chic'.PNG

 

Um ano de Chic' Ana

aniversc3a1rio-mafalda.jpg

 

Foi há precisamente um ano, um ano que fiz o meu primeiro post no blog. Confesso que foi com um misto de receio e de entusiasmo que o fiz pela primeira vez. O que será que me esperava?! O que eu queria, sabia-o bem: um escape do dia-a-dia.

 

 

Há uns meses atrás eu escrevia: “Este blog transformou-se pouco a pouco, num local onde me sinto bem, onde sei que posso ser eu própria sem qualquer restrição. É um blog intimista, quase como um diário da era moderna, na medida em que, escrevo sobre situações reais que me acontecem. Inspiro-me em situações que eu vivi, presenciei ou de alguma forma me marcaram.

 

Pouco a pouco esta partilha, através dos diversos comentários, através da interação, começou também a transformar o meu dia. Comecei a ter em conta determinadas opiniões, comecei a acompanhar vivências e a partilhar mesmo problemas do quotidiano. No fundo, estas pessoas que existem por trás do teclado, tanto do computador, como do telemóvel, transformaram-se em amigos. Sim, em alguns casos, muito mais presentes que os amigos ditos reais. São pessoas com quem me relaciono diariamente, são pessoas com as quais simpatizo e criei laços verdadeiros. São pessoas que por vezes me fazem pensar "o que andará a fazer x?", ou mesmo recordar episódios e sorrir...

 

Um ano depois há algumas caras que eu não posso, nem quero esquecer e que de alguma forma mais marcaram este percurso.

Já que o Sapo não linkou muita gente, desafio-vos a encontrarem-se:

 

A Duquesa e o seu gato, a minha blaranja, sempre presente e disponível. A minha Sofia, com as suas maluqueiras que tão bem compreendo. Uma Gata sem papas na língua e sempre certeira. A Nay, com sábios conselhos e sempre positiva. Uma Mula com os coices mais gentis da blogoesfera. A Kikas, sempre amorosa e com uma palavra amiga. A Débora, com as suas peripécias pela Suíça. A Ana, o caos sempre organizado e as inúmeras coincidências. A Tixa, que tive o prazer de acompanhar na gravidez à distância. A Cristina, que me coloca sempre um sorriso na cara. A Fashion, com os seus textos magníficos. A Green que tem o poder único de refilar comigo mas acabarmos sempre em bem. A Lou, com os seus belos trabalhos e histórias. A Marta, a minha super mulher, com uma postura que eu admiro. A Catarina, uma super mãe sempre divertida. O Moralez, a alegria em pessoa. A Sónia, com as suas belas imagens. As Ladys, o grupo mais animado por estas bandas. A M-m com quem adoro conversar. A Ana Rita, mais uma doida de serviço. A Sofia, com as suas aventuras. A Joana, sempre a espalhar charme no meu caminho. A Sara com os seus visuais e traquinices. A Isabel, que não deixa a minha moda por mãos alheias. A Kat, sempre a tentar-me com os seus looks e programas. A minha Princesa, bem humorada e com aventuras a dois. Um Pingo de mel para adoçar o meu dia. Um senhor que nada tem de solitário. Os bastidores sempre com ideias magníficas. A Maria, com a sua experiência e simpatia. A Inês, com produtos tentadores. A Sofia, sempre atenta à seleção. O Malik, com uma poesia de encantar.  A Fia, sempre inspiradora. A Ana que me arranca sorrisos e me ensina mais sobre a vida. A Miss DC, com um humor muito próprio e divertido. A Anita e as aventuras do seu mini. A Magui cujo blog é sempre uma surpresa. O Paciente, companheiro de longas conversas. O Manual da Moda, para estar sempre a par das tendências. O Torcato que me ensina sempre algo. O Lápis Roído que me faz dar gargalhadas em pleno open space. A bailarina cujos posts bailam pelo meu olhar. O João com os seus vídeos encantadores. A Liz, sempre em busca de equilíbrio. O Aflores que me inspira a querer sempre ir mais além. A Caracol e a Bruxinha, as cunhadas que são uma autêntica fonte de sorrisos. A Célia, a nossa figura da autoridade que nos coloca em sentido. A Cátia, uma rapariga normal, que me encanta pela simplicidade. A M&M, a nossa emigrante que nos surpreende com os encantos de África. E quem diz que não a uma melhor amiga? A Pink, sempre com uma palavra amiga, sempre disposta a ajudar. A xxx que nos faz meditar. A Jessica Rabbit sempre pertinente. A Maribel, sempre pronta a educar! A Maria uma vozinha da razão. A Paula, a mestre no ponto cruz. A Mãe Maria sempre com relatos pertinentes. A Ana, a nossa quarentona super divertida. O Hetero Doméstico, que me desperta sempre um sorriso gigante. A Inês, com os seus pratos tentadores. O Pedro, somente a um continente de distância. A Joana e as suas aventuras por Marrocos, atualmente. A Isa, que faz da moda um brilharete. O Francisco, com os seus diários e notícias fresquinhas. A Cláudia, com um blog diário que me faz querer saber o que anda a tramar. A Isy, com os seus resumos diários. A Inês e o seu jeito para o desenho. O Carlos que nos convida sempre para um amável café. A NES sempre assertiva. A F, com tantas verdades que nos fazem pensar. Os Bloggers, sempre com locais encantadores. O Lynce, que seja muito bem vindo ao sapo, fazia aqui falta. A Lis e os seus toques de magia. A Aninha, sempre sorridente. A Maggie, com um estilo único. O Samokal, sempre com algo para nos ensinar. A Maria sem qualquer limite. A Andreia, sempre disposta a abrir uma gaveta de sua casa. Os segredos de uma quinta ás nove? Podem ser vistos aqui. A Cris que tão bem nos faz sonhar. A Maria, alguém recente, mas que está aqui para durar. A Sara, sempre com o seu sarcasmo e agora apaixonada! A Margarida com as suas peripécias hilariantes. Little, que é feito de ti? Também aqui tens o teu lugar. A Inês e os seus visuais. A Nina com as suas aventuras. A Rute e o seu maravilhoso sorriso. A Miúda e a Miúda que tanto me ensinam a cada dia. A Joana com a moda sempre em dia. A Sntnela, com textos que me fazem meditar. A Avelã com receitas de encantar. A Joana sem papas na língua. A Kelly que me faz sonhar com o casamento. A Filipa muito sorridente. A Francisca, sempre inspiradora. E que me dizem a um bom livro do pensamento? A Manu, com lindas palavras e imagens. A Ana que tanto me inspira a cozinhar! Peripécias num supermercado? Ninguém melhor que a nossa Lupa! A Ana Freire com as suas belas imagens. A Carolina com o blog que me faz sonhar. A Golimix, uma fonte de inspiração, uma lutadora. A Rute com posts sempre divertidos com a sua Kikas. Sempre em sentido com a Captain. A Maria com truques e dicas sempre boas. A Sofia, a nossa principessa. A Marta com os seus gatinhos e entrevistas. A Filipa, sem qualquer dúvida, mas que tantas interrogações me coloca. A Tea, sempre com a sua chávena quentinha. A Maria, a quem nunca faltam as palavras. A Magda, a nossa devoradora de livros. E porque o Drama também faz parte da nossa vida, nada melhor que a sua rainha. E quem se atreve a abrir a Caixa de Pandora? A JP que anda desaparecida por terras de sua majestade. A Just, sempre com um sorriso a acompanhar, e por falar em sorriso, mais um para verificar!. Nada de ficar com Nervoso Miudinho, que há aqui muito blog pela frente ainda. O Andy que por vezes parece que anda por outras galáxias. Uma Fatia recheada de surpresas. Duas Mulheres e Meia, com tudo o que nos rodeia. A Sara, com bonitas palavras. A B sempre com novidades. A Lua, que nada é sem o sol. A Teresa com aplicações relevantes. A Mãe dos PP's, sempre divertida. Tralhas à solta e a saltitar. A Tatiana sempre em busca de algo. Não percam qualquer informação pelo caminho, com o nosso Informador. A Gata que precisa de amigas, mas que está rodeada delas. A Vanessa, sempre sorridente e simpática. O Kok que nos desperta sempre um sorriso. A Us4all que me ensina hábitos alimentares saudáveis. Um suricata conquistador. Especial e única só há uma. A Mónica, mais desaparecida, mas com o seu lugar garantido! Sou mais eu, contigo. A Carina com o seu fiel companheiro. O espaço do bolinha de pêlo. A Sofia e o seu dia a dia. O nosso grande Escritor. A menina e o seu Jonas. A Simone, de mochila às costas. O meu companheiro do Armandinho. Aqui que ninguém nos ouve podemos sempre contar um belo segredo. A Erika que me serve sempre um copo de vinho. A Ellie e as suas tropelias. Outro local onde podemos rir estupidamente. A Lêh, sempre com textos cativantes. Uma esplanada muito agradável para tomar um chá a quatro mãos. E quando é o amor que tem palavras? Nada como um belo presente para a boca adoçar! A Isa com o sua forma de escrever que me cativa. A Ana, sonhadora. A Miss Pepper, com todos os riscos bem calculados. E com um pó de perlimpimpim estamos quase a chegar ao fim.

Dos blogs que tenho conhecido recentemente, mas que já se tornaram assíduos: My kind of Joy, Simples Assim, Casal Irrequieto, A Cláudia Ralha e o prazer na cozinha, Mami, acho que já estavas mais acima também! A Tânia, A Annah & the blog, A Marya Ana, A Matilde, A charmosa e a Daniela Silva.

 

E como o Último fecha a porta, que seja ele a fechar esta lista interminável de pessoas maravilhosas que contribuíram para o crescimento deste blog, alojado no Sapo e com a preciosa ajuda de uma equipa ao dispor.

 

 

O meu muito obrigada a todos, os que aqui estão, aos que me subscreveram, e a todos os que aqui não estão, pois certamente esqueci-me de muitas pessoas chave, mas que estão presentes no meu coração e que serão acrescentadas assim que me aperceber do lapso!

 

Obrigada!!!

 

258371543.jpg

 

E preparem-se para as novidades que estão a chegar... 

As partidas do Facebook

E vamos lá então começar por contar alguns dos episódios que mais me marcaram nestes tempos em que estive ausente.

 

Na última semana de trabalho, estava eu em amena cavaqueira com duas pessoas da blogoesfera no chat do facebook, quando a Ana G. teve a brilhante ideia de trocar as voltas à Vih, e colocar o seu nome também como Chic Ana. Como a Vih estava no tablet não percebia com quem se encontrava a conversar - é verdade, fizemos-lhe a vida negra - mas foram somente 10 minutos.

A Ana G. tentou alterar novamente o seu nome para o nome corrente (tratava-se do seu facebook pessoal e as pessoas poderiam estranhar). Eis senão quando é surpreendida com a seguinte mensagem:

 

13617426_1233239356716777_31663890_n.jpg

 

O facebook pregou-lhe a partida de volta e não a deixa alterar o nome de perfil até perfazer 60 dias. 

 

O que nos rimos o resto da tarde. Portanto já sabem, há duas Chic's por aí neste momento e muitos curiosos a tentar perceber porque é que a Ana G. tem a mania que é chique!

Suporte_5991.jpg

Mais uma vez, tenham atenção, pois nunca se sabe quem que se encontra por trás do monitor. Neste caso, tratou-se de uma brincadeira. Mas quantos casos não terminam mal?

 

A versão da Vih aqui

 

Sorte.. no Azar

Sempre fui péssima em testes de escolha múltipla ou em questões de verdadeiro ou falso. Se me dessem um teste de desenvolvimento, perguntas extensas, estava no paraíso: Era ver a Ana a escrever, a escrever, a gastar folhas de ponto, completamente preenchidas (secalhar vencia os professores pelo cansaço e davam-me boa nota). Contudo, em questões de hipótese simples, direta, baralhava-me de tal forma que era sempre ao lado, sempre, sempre ao lado.

 

Aqui há uns tempos, a Bruxinha, que está super grávida, lançou um desafio - tirou uma foto à sua barriga e pela análise da forma, etc., tínhamos de adivinhar o sexo da criança.

Ora, eu não podia faltar a tal chamamento, e como tenho um condão especial para adivinhar estas coisas, respondi sem qualquer margem de dúvida que era uma menina. Fui a única a escolher tal opção! Seria bom sinal? Claro que sim, todas as outras tinham de estar erradas!!

 

Uma semana mais tarde, chegou-me um belo presente à caixa do correio por ter adivinhado o sexo da criança.

Foto Brinde.png

Mais uma vez falhei redondamente. A Bruxinha está à espera de um belo rapaz, contudo, dei-lhe uma falsa esperança por uns míseros dias...

 

Acho que foi a primeira vez em que falhei e recebi um presente em troca, com uma mensagem toda catita e da qual me ri bastante. Assim sim, vale a pena! (Os brincos são mesmo giros, já os andava a namorar na loja online há algum tempo, pelo que foi um duplo presente).

 

Ainda existem dúvidas que o Sapo é claramente uma plataforma de Blogs com gente dentro?! Se dúvidas existiam este fim de semana desfiz mais uma, conheci a Catarina pessoalmente e fiquei maravilhada, pela pessoa que é, e pela bela família que tem. Espero sinceramente encontrar-te mais vezes, e aos pestinhas também! Parabéns!

Chicana Política

Está uma pessoa a jantar calmamente e a ver o noticiário quando o Jerónimo de Sousa se prepara para discursar. Ok, este assunto é para escutar, portanto, posso comer mais uma colherada de sopa. Até que oiço:

 

PCP diz que não dá para "peditório" da "chicana política"

 

Engasguei-me, e pensei que não poderia ter ouvido bem.. Mas não! Lá estava em letras garrafais! Chicana Política?

 

Analisando esta noticia ao pormenor só me salta uma interpretação à mente: Jerónimo de Sousa consulta a Chic' Ana com frequência, tanta, que até usa o meu nome misturado com os temas políticos. 

Será que pensou que eu estava a efetuar um peditório para ter o Mercedes e decidiu insurgir-se contra mim? Assim em direto para todo o país??

 

Será que vou ter visibilidade internacional e a Mercedes me vai conceder um modelito para experimentar e ser a sua cara em Portugal? Uma coisa vos garanto, se o Mercedes sobreviver a mim, sobrevive a qualquer coisa!

 

Bom, sonhos à parte, eis que surge o M que vai investigar o que significa chicana.

 

M: Tu já sabias o que significava chicana?

Chic' Ana: Não faço a mínima ideia, nem sabia que existia tal palavra!

 

Chicana: Dificuldade criada pela apresentação de um argumento com base em um detalhe ou ponto irrelevante; 

 

M: Escolheste na perfeição. Tu realmente só crias dificuldades tendo por base algo irrelevante, um pequeno detalhe que aos outros passa despercebido. Queres um exemplo? Ias avariando o aspirador porque avistaste um simples cabelo inofensivo na banheira.

 

E pronto, toma lá que ele ainda não se esqueceu de tal coisa!

  

Vocês já sabiam disto e ninguém me disse nada?! A humanidade está perdida.. Deixam-me andar por aí com um nome destes! Auto intitulei-me de dificuldade!!

post111.jpg

Do Virtual para o Real

Sexta-feira de manhã tive um misto de sensações muito engraçadas. Vim de boleia para o trabalho e vínhamos em amena cavaqueira, a falar de atividades desportivas e de algumas limitações, quando chegámos a este diálogo:
 
I: Tenho uma amiga que tem dois gémeos muito engraçados, que parece que adivinham que eu tenho problemas nas costas e dão um jeito enorme a mudar as fraldas.
Chic’ Ana: A sério? Realmente as crianças são excecionais.
I: A Catarina tem 4 filhotes, todos eles com uma personalidade muito própria.


(Nesta altura já as minhas antenas estavam no ar, realmente eu tenho uma Catarina na blogoesfera que corresponde a esta descrição)


I: O Santiago e o Salvador foram batizados o ano passado. E este ano foram com os mais velhos à Disney..


(Bling, bling, bling, campainhas a tocar por todo o lado…. Isto já são coincidências a mais)
 
Chego ao local de trabalho, salto rapidamente do carro, corro para o pc e vou ao blog da Catarina. Abro a página e fico pateticamente a pensar: mas estou à espera de encontrar aqui escarrapachada a informação pretendida?
Concentra-te Ana, eu sei que ela publica imensas fotos. Portanto, qual detetive, lá fui eu à data provável do Batizado dos gémeos e voilá, lá estava a minha amiga numa foto. Fiquei com um sorriso de orelha a orelha e mandei logo um e-mail à Catarina. O meu problema era mesmo como abordar a questão sem parecer que a estava a perseguir, afinal podia pensar que eu era louca!
 
Contudo, a conversa correu de uma forma maravilhosa, ficámos a saber que tínhamos muito mais em comum do que inicialmente pensaríamos.. e agora só nos falta mesmo marcar um café..
 
Realmente há coincidências muito engraçadas. Mais uma das enormes vantagens da blogoesfera: o aproximar das pessoas, o alargamento do núcleo de amigos, e de amizades que podem mesmo saltar do virtual para o real. Alguém tem episódios semelhantes?

 

Este episódio vai ser relatado a duas vozes: a minha perspetiva e a da Catarina! Ora espreitam lá o que ela achou da minha abordagem! =)

 

mundoreal.gif

Amizades Virtuais

Quando criei o blog no Sapo, a minha ideia inicial era somente uma: ter um escape do dia-a-dia.

 

Este blog transformou-se pouco a pouco, num local onde me sinto bem, onde sei que posso ser eu própria sem qualquer restrição. É um blog intimista, quase como um diário da era moderna, na medida em que, escrevo sobre situações reais que me acontecem. Inspiro-me em situações que eu vivi, presenciei ou de alguma forma me marcaram.

 

Pouco a pouco esta partilha, através dos diversos comentários, através da interação, começou também a transformar o meu dia. Comecei a ter em conta determinadas opiniões, comecei a acompanhar vivências e a partilhar mesmo problemas do quotidiano. No fundo, estas pessoas que existem por trás do teclado, tanto do computador, como do telemóvel, transformaram-se em amigos. Sim, em alguns casos, muito mais presentes que os amigos ditos reais. São pessoas com quem me relaciono diariamente, são pessoas com as quais simpatizo e criei laços verdadeiros. São pessoas que por vezes me fazem pensar "o que andará a fazer x?", ou mesmo recordar episódios e sorrir...

 

Já tive o prazer de conhecer pessoalmente duas blogguers, a Débora e a Joana, e posso dizer que são tal e qual o que demonstram. Confesso que ia com algum receio de me dececionar, não sabia o que esperar, afinal, tudo o que é virtual tem sempre uma incógnita associada, mas saí de lá sorridente e bastante preenchida.

 

Uma coisa vos tenho a dizer, aqui constroem-se amigos para a vida!

 

A Vânia ontem, inaugurou uma rubrica no seu blog muito interessante, que podem ver aqui, e que me desafiou a caracterizar o meu blog em apenas 3 palavras. Eu escolhi a diversão, o sonho e a amizade (justificação no blog da Vânia). E foi esta última que me fez refletir neste texto de hoje.

 

Gostava de homenagear cada um em especial, gostava que todos vocês tivessem um cantinho nesta imagem, ainda faltam tantos e tenho a certeza que com o tempo se irá expandir ainda mais.  

amizades.bmp

Nota: Peço desculpa por não estarem todos aqui representados, apenas estão os do Sapo e não na sua totalidade, faltam tantos por esses blogs fora... Os vários tamanhos e formatos nada significam, têm todos um cantinho especial no meu coração. Espero que te encontres aqui, e que não venha a sofrer retaliações!!

 

amizade-por-interesse.jpg

A ascensão dos blogs

A semana passada estava a ler o jornal "Metro", quando me deparei com um artigo particularmente interessante sobre blogues. Vou deixar-vos aqui alguns dos tópicos que mais me chamaram a atenção:

 

  • Não é que 72% dos inquiridos afirmam utilizar os blogues de moda como fonte de informação privilegiada? E pelos vistos, não são apenas os de moda, mas também de viagens, de lazer e até mesmo os pessoais. As pessoas estão a valorizar cada vez mais esta plataforma como meio de informação e também de inspiração.

 

  • 3 em 4 destes leitores, admitem sentir-se mais influenciados pelos posts e comentários partilhados pelos bloggers do que por ações de publicidade, como por exemplo os banners (que são bem caros!).

 

  • 84% dos leitores depositam mais confiança nos blogues que são detidos por consumidores do que os que são desenvolvidos pelas próprias marcas, o que é natural, uma vez que as marcas tendem a comunicar apenas os pontos vantajosos, enquanto que um bloguer avalia o produto como um só, constituído por pontos positivos e negativos. São por isso considerados influenciadores natos no que toca a comprar.

 

Eu admito que realmente sigo esta tendência. Quando necessito de algum produto, a minha primeira reação é questionar as pessoas sobre o que elas utilizam e a sua experiência. Afinal não é uma publicidade bonita que nos faz comprar, mas sim o "palavra passa palavra".

 

Marcas, não se deixem enganar, anunciar nos blogues é o que está a dar!!

O meu e-mail é chicana@sapo.pt e tenho a certeza que conseguimos chegar a um belíssimo entendimento.

Agradava-me imenso viagens, roupas, produtos de cosmética e docinhos, docinhos é muito importante! 

Sapinho esta mensagem também é para ti - Será apenas internet ou comunicação no geral? O SAPO Voucher está em todo o lado, com um serviço excecional!

Também não díria que não a uma parceria com a GALP Energia, que podia patrocinar a rubrica "um sorriso por dia"! (até rima)

 

Como vêm imaginação não me falta!

46Computadoregata04W.jpg

 

E vocês quais os canais de publicidade que mais privilegiam?

 

Nota: Estes valores foram retirados de um estudo realizado pelo IPAM - The Marketing School.

E hoje é dia de Entrevista!

Mas há melhor forma de começar a semana do que com uma bela conversa? A Magda lançou-me o desafio e eu não tive oportunidade sequer de rejeitar e ainda bem, pois gostei imenso de todas as perguntas que ela me fez. Foi um momento de reflexão e introspecção que tanta falta faz a esta correria do dia a dia. Venham mais conversas assim 

Deixo-vos a introdução, a restante entrevista pode ser lida aqui!

Esta rubrica para mim começa de uma maneira intempestiva, levei um valente puxão de orelhas por não ter e-mail no perfil e depois foram-me apresentadas duas escolhas: “basicamente, tens a hipótese de dizer que sim ou que sim”. Foi só a mim que esta afirmação pareceu bastante ameaçadora? Onde está a escolha? Pelo sim pelo não, vou guardar o e-mail religiosamente para a eventualidade de sofrer alguma represália.

Bom, agora que já me encontro salvaguardada, vamos a coisas sérias: Quem sou eu? Sou uma pessoa alegre e sonhadora essencialmente, recuso-me a ver a maldade e procuro a fração positiva de cada situação. Sou também bastante teimosa, reguila e curiosa, e acredito que a conjugação de todas estas características, contribuíram para que me transformasse numa autêntica caixinha de surpresas. Não consigo estar um pouquinho que seja quieta, e mesmo quando não estou em movimento, a minha mente encontra-se num turbilhão de pensamentos. Daí até à escrita do blog, foi um saltinho. Precisava mesmo de um espaço de partilha, um espaço onde podia ser eu própria sem restrições. Um espaço onde pudesse desabafar e contar as minhas aventuras, e este surgiu sob o nome de Chic’ Ana, pois venho de uma família de Ana’s e nada melhor que manter o meu porto seguro e acolhedor! Felizmente fui muito bem recebida neste mundo digital, tenho os melhores leitores que existem, que comentam, que interagem, que tornam este espaço tão agradável. É um espaço onde o sorriso é constante, um espaço onde sou Feliz!
Muito obrigada Magda por esta oportunidade, por me deixares invadir por momentos o teu espaço e fazer também parte dele.

 

women-talking-Converted-300x203.jpg