Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Chic'Ana

“Não posso mudar a direção do vento, mas posso ajustar as minhas velas para chegar sempre ao meu destino” by Jimmy Dean

Chic'Ana

“Não posso mudar a direção do vento, mas posso ajustar as minhas velas para chegar sempre ao meu destino” by Jimmy Dean

One Smile a Day com.. a Manuela

A minha convidada de hoje é a Manuela, autora do blog Existe um Olhar. Neste blog podemos encontrar imagens lindíssimas e inspiradoras, sempre acompanhadas de uma citação ou poema. É um blog que existe desde 2009 e que nos permite viajar através do olhar da Manu. As suas grandes paixões são as artes: pintura, música e literatura. Além de ter uma atração especial por viajar e obviamente fotografar. Convido-vos a viajar com ela e a espreitarem o seu blog.

 

Concerteza que já te apercebeste que tenho viajado bastante, com um guia excepcional e um grupo que já conheço. Em Setembro fui ao Nepal, ao Butão, Tibete e Himalaias, neste último lugar ao descer uma montanha bastante inclinada parti um braço, felizmente já tudo passou, bom, mas o que importa é contar-te uma das muitas histórias hilariantes.

Há uns tempos atrás vinha da Malásia, fizemos escala em Amesterdão, onde estivemos algumas horas à espera do avião que nos traria a Lisboa.

Normalmente bebo sempre vinho nas refeições dos aviões, nessa vez, coloquei o que sobrou na mochila.
Finalmente chegou a hora de fazer check in, às 7 h e 30m da manhã.


Estava muita gente nas filas e quando chegou a minha vez e coloquei a mochila no tapete, o senhor abriu-a  e com as pontinhas dos dedos, disse:
Com que então já a beber a esta hora da manhã?! ( falou em inglês e toda a gente riu)


Não sabia onde me devia meter e tentei justificar-me, mas ele nem me deu tempo de o fazer, o que ele queria na verdade foi brincar comigo. Fiquei super envergonhada e hoje tenho o cuidado de nunca mais pôr vinho na mochila.

 

Sem dúvida uma história muito engraçada. Bom, da próxima vez justificas o transporte do vinho, para manteres a temperatura ambiente. No porão as temperaturas negativas com certeza que o adulteravam! =)

 

Muito, muito obrigada por esta bela participação.

 

radicci4.jpg

E por falar em participação, já concorreram a este passatempo

175 comentários

Comentar post

Pág. 1/6