Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Chic'Ana

“Não posso mudar a direção do vento, mas posso ajustar as minhas velas para chegar sempre ao meu destino” by Jimmy Dean

Chic'Ana

“Não posso mudar a direção do vento, mas posso ajustar as minhas velas para chegar sempre ao meu destino” by Jimmy Dean

A Era da Tecnologia

Apesar das inúmeras tecnologias e meios de comunicação existentes, cada vez é mais difícil comunicar.

 

As pessoas ditas reais, estão cada vez mais distantes, privilegiando-se a utilização de recursos tecnológicos: as pessoas preferem trocar mensagens e interagirem através de dispositivos do que se sentarem calmamente num café, de conversarem cara a cara, de trocarem sorrisos e momentos divertidos.

Hoje em dia, é o número de fotos que colocam no facebook que é verdadeiramente importante, é o número de amigos que têm nas redes sociais. Os amigos não se adicionam, conquistam-se!

São julgadas pela interação que têm no mundo virtual, enquanto que o real é cada vez mais descurado. Não se esqueçam que no facebook e em outros locais, só se divulgam as boas noticias – são fotos de passeios, viagens, férias, grandes carros e comezainas.. Será que representam mesmo a realidade?

 

Antigamente, a sala, que servia como ponto de encontro para toda a família, hoje é uma divisão vazia – cada um vai para o seu quarto, fecha a porta e perde-se o contacto. Como ficam então a criação e o estabelecimento de laços que tão importantes são?

 

Segundo Einstein, "o dia em que a tecnologia ultrapassar a interatividade humana o mundo terá uma geração de idiotas". Será que não alcançámos já este dia?

mentirinhas_696.jpg

 

 

E o porquê desta reflexão? Porque ontem telefonaram para um colega meu a informar que se tinha esquecido dos filhos na bomba de combustível. Segundo ele, estava entretido com o telemóvel, meteu-se no carro e arrancou, enquanto que os filhos tinham saído do carro e andavam por ali.. E por lá ficaram, até alguém lhe telefonar e contar o sucedido.

 

mentirinhas_789.jpg

 

Bom feriado! Aproveitem bem esta pausa a meio da semana.

Limões Cor-de-Rosa

Este domingo foi um dia muito bem passado, mas também uma autêntica correria. Da parte da manhã, tive a oportunidade e o prazer de conhecer a Débora e a Joana que são uma excelente companhia, muito divertidas e simpáticas. Depois seguiu-se uma tarde preenchida e finalizei com um jantar de amigos com a habitual troca de prendas de Natal e jogos.

 

Ora, como o jantar era em minha casa, e só a partir das 18h é que estava em casa, tive de pensar numa sobremesa que fosse simples e fácil de solidificar: nada melhor que uma mousse de limão.

Mãos à obra: natas, limões, leite condensado e faltavam-me umas folhas de gelatina, para garantir que ficava sólido.. Pedi ao M para as ir comprar rapidamente enquanto eu ficava a adiantar as coisas e assim foi. Quando chegou fiquei a olhar para o que ele me tinha trazido, mas não disse nada, adicionei rapidamente e frigorifico.

 

Na hora da sobremesa, salta uma taça para o meio da mesa e a minha típica pergunta:

Chic' Ana: Adivinhem lá de que é.

Coro: Morango!

Chic' Ana: Não, têm de provar.

Mais hipóteses: Groselha, frutos silvestres,...

M: (muito baixinho) Então Ana, mas não ias fazer uma mousse de limão? Só dizem frutos avermelhados.

Chic' Ana: (baixinho também) Adivinha lá porque será? Trouxeste-me folhas de gelatina cor de rosa ao invés das transparentes. A sobremesa está cor de rosa!!

(e agora para toda a gente ouvir) É de Limão! (caras de espanto) É que os limões da minha árvore têm uma coloração estranha!

 

Mas o M até se saiu bem, pelo menos não me trouxe gelatina em pó =)

 

c3ab7752bba868149a5340bc0a4906ee.jpg